terça-feira, 9 de abril de 2013

Museu kinder-ovo!

Sabe aqueles museuzinhos que vc nem pensa em ir quando a viagem é rapidinha-bate-ponto? Porque ninguém nunca ouviu falar, e nem parece grandes coisas, nem aparece em muitos guias, deve ser meio mequetrefe?


Intaum, esse é o caso do Sir John Soane's Musem, que de fora é só uma casinha vitoriana prática e normal. Mas por dentro, ah, por dentro é uma super, e eu enfatizo o super, coleção de artefatos, colunas, quadros, pedaços de edifícios empilhados de parede a parede num labirinto de escadas, salas e vãos. Eu não tô brincando! Parece que, uma vez dentro da casa, ela cresce, ganha outra dimensão, vira episódio do Arquivo X.
Agora eu vou fazer o Mister M, e revelar a mágica. O que acontece é que a gente entra pela porta de uma casinha, mas o museu compreende as duas mansões vizinhas. De fora não dá pra ver, porque elas estão intactas. Taí o truque!
Enfim, Sir John Soane's foi um arquiteto, filho de pedreiros, que em viagens de estudos, pegou gosto por coleções. HOARDER! O que hoje é o Museu, antes era sua casa e escritório. Ele inclusive dava aulas no meio daquela bagunça (organizada). A peça mais famosa é o sarcófago de Seti I. A festa do open-sarcófago durou 3 dias (uhu!).


O Museu é kinder-ovo! Isso tá concluído. Agora vamos falar da praça em frente a ele. Lincoln's Inn Fields é a maior praça pública de Londres (segundo tia wikipedia). O que surpreende um pouco. Porque ela tá mais pra média que pra grande (na minha escala de comparação, pelo menos). Ainda assim é um ótimo lugar pra lagartear, o que o clima de Londres raramente permite. Mas quando permite é satisfação profunda! Posso afirmar com experiência de causa.


Do outro lado da Praça tem mais um museu, só que esse é muito bizarro. Trata-se do Hunteriam Museum, dentro do Royal College of Surgeons. O que vc acha que pode ter num museu que funciona dentro duma escola de Medicina? Nada muito apetitoso, não é? Intaum, tem de tudo quanto é coisa relacionada ao corpo humano, de todos os tamanhos, tipos ou deformidades, boiando em vidrinhos com álcool. Tem que ter estômago pra fazer esse passeio. E eles tem. Vários estômagos.
O Hunteriam Museum surgiu da coleção (oi?) do cirugião John Hunter, que é lá do século XVII. Daquela época em que anestesia era shot de vodka, e que cirurgião tinha barbearia. Nunca me senti tão feliz por ter nascido no século XX.
A peça mais pitoresca do Museu é o esqueleto do gigante irlandês Charles Byrne. Segundo conta a lenda, o gigante queria ser cremado (ter as cinzas jogadas no pé de feijão), mas como morto reclama pouco, o médico malandrinho desviou o corpo pra sua coleção particular (que agora é pública).


Ah, já ia me esquecendo. O passeio aí de cima inteirinho é gratuíto.

8 comentários:

  1. hehe adorei o nome do post! Mas acredito que ao contrário do kinder ovo, que quando vc vê o que tem dentro é uma grande decepção... esse museu deve ser surpreendente! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De vez em quando eu ainda tento comprar um kinder ovo. Sabe como é, a esperança é a última que morre! Hehehe.

      Excluir
  2. Q bela coleção esta do Sir John Soane's Museum. A do Hunteriam me lembrou q me livrei de ver o museu de medicina legal do Porto pq tava fechado (ufa!). Marido q na época era namorado, é médico e queria ver aquilo. É isso q abala os relacionamentos!
    Dias ensolarados pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, gente, tem museu que devia ser chamado cemitério, né? Bjinho!

      Excluir
  3. Aprendi que na Europa pode-se encontrar tesouros escondidos aos olhos de todos. Aqui na cidade tem uma ex-igreja que é um verdadeiro tesouro. Porfalar em kinder-ovo, minha filha esteve em Londres no início de março e me trouxe M&Ms.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, o importante é que é chocolate, né não?

      Excluir
  4. De primeira li " Museu do Kinder Ovo" ai pensei... "Putz! O que pode ter num museu do Kinder ovo?" e depois pensei... O q a Thais foi fazer lá?!?! Kkkkkkk

    Esses achados são mesmo o máximo é uma pena que o turista comum, com o tempo contadinho, tenha deixar esses cantinhos fora do roteiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow, Carol, comé que vc reabre um blog assim, e nem me avisa de nada? Podo saber? hehehe!

      Excluir